Coluna Clio

Extensão do Jornal Delfos-CE: http://jornaldelfos.blogspot.com.br/
Clio é a musa da História na Mitologia grega.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

A PEDRA DO SOL: VIKINGS NAS AMÉRICAS

VIKINGS NAS AMÉRICAS

Os olhos de algumas aves são capazes de  ver o sol através das nuvens por meio de uma filtragem luminosa chamada de polarização ou birrefringência, que consiste em criar duas sombras de um objeto que se unem em uma só quando se está na direção do sol. O motivo de tal capacidade deve ser para que elas não percam a orientação durante o voo migratório.

Esse efeito de birrefringência pode também ser criado artificialmente por alguns vidros especiais e por objetos diáfanos e um desses objetos é a pedra conhecida como calcita holandesa ou espato da Islândia e esse artefato pode ter chegado às mãos do povo chamado Viking (cujo nome real não sabemos) quando estes conquistaram a Islândia.

O povo Viking é descendente dos Celtas (cujo nome também não sabemos) que eram chamados de Keltoy pelos povos Gregos e nomeados de Gauleses inicialmente pelo general romano Caio Júlio César (ou Gaio Ivlio Caésar). 

Os Vikings podem ter chegado às Américas antes de Colombo usando uma pedra de orientação solar chamada de pedra do sol que permitiria saber a localização do sol em dias nublados pelo efeito de birrefringência. O continente em questão não teve nome atribuído nem aos Vikings nem a Colombo mas a Américo Vespúcio.

Na literatura celta existem pelo menos 12 referências à tal pedra do sol, que não podemos assegurar se é real porque essas mesmas estórias citam pedras mágicas, o que não existe por ser mera mistificação.

Porém, já que os Vikings tinham os melhores barcos em sua época, conquistaram a Islândia e podem ter vindo ás Américas, se a pedra do sol os orientou com esse efeito que existe no espato da Islândia, a pedra do sol poderá ser justamente o espato da Islândia, se os Vikings tiverem descoberto nele essa propriedade de birrefringência que obviamente usariam para orientação marítima.

Para saber mais a respeito, ver as séries: "Os bárbaros" na "TV Escola" e "Mistérios da História" no canal "National Geograpich". 


Ateu Poeta
26/08/2014

terça-feira, 19 de agosto de 2014

7 PONTOS DE ILUSÕES E FALHAS CEREBRAIS

7 PONTOS DE ILUSÕES E FALHAS CEREBRAIS

Embora gostemos de mágica, a maioria esmagadora prefere acreditar no truque a saber como funciona todo o mecanismo que move o espetáculo da ilusão.

O principal segredo dos mágicos é nunca revelar os segredos, mas o problema não é esse. O problema mesmo é usar isso para tomar o dinheiro das pessoas e se por no poder, como acontece desde os primórdios das civilizações que até hoje se matam por seres e coisas que existem apenas em seus delírios causados por efeito de ilusões coletivas; também chamado de hipnose coletiva.

Hoje mostraremos 7 pontos de ilusões e falhas cerebrais apresentados pelo "Discovery Channel" nas séries: "Mistérios" e "Controladores da mente".

1 SÍNDROME DA MÃO ESTRANHA:

O corpo caloso cortado num hemisfério do cérebro causa a síndrome da mão estranha, que consiste na divisão do cérebro em duas personalidades.

A causa pode ser, por exemplo, um derrame neural ou um corte cirúrgico para estudos neurológicos que criam fissuras, interrompendo a comunicação entre os dois hemisférios cerebrais.

Se isso for verdade, então, o caso de Chico Xavier deve ser justamente esse; a não ser que ele fosse um simples farsante, uma vez que não existem espíritos.

Existem 65 casos registrados no mundo da síndrome da mão estranha. Roger Sperry ganhou prêmio Nobel por seus estudos sobre essa síndrome.



2 EFEITO IDEO-MOTOR:

Movimentos inconscientes, como acontece no famoso jogo do copo do filme "O exorcista" que mesmo pessoas que não são espíritas chegam a acreditar.

Esse efeito faz você acreditar em objetos inanimados emanando algum poder, como: pé de coelho, trevo de 4 folhas, ferradura atrás da porta, estátua de Santo Antônio de cabeça para baixo, sal grosso, água-benta, a própria benção ou maldição.

A fé em objetos inanimados emanando poder cria o efeito placebo e a ilusão de que a mente teria algum poder sobre a matéria, como no livro "Carrie".

3 EFEITO VODU:


Quando uma pessoa é muito sugestionável, com uma fé muito grande, você pode fazê-la sentir dores imaginárias fazendo-a concentrar-se num boneco qualquer como se fosse ela e cutucando o tal boneco dizendo que é um boneco de vodu.

Também pode enganá-la com um falso controle fingindo instalar em suas costas um aparelho de choque.

4 EFEITO CELEBRIDADE:



Se você fingir ser maquiador ou cabeleireiro de celebridades você pode fazer mulheres acreditarem que você corta bem e maquia melhor ainda mesmo que você nem saiba segurar uma tesoura e muito menos usar um kit de maquiagem. 

5 EFEITO UNIFORME:


Quando você usa uniforme de autoridade as pessoas passam a obedecê-lo porque entendem você como tal.

6 EFEITO DESVIO DE ATENÇÃO:


Usando roupa igual a uma segunda pessoa você pode trocar de lugar com ela sem ser notado por uma terceira pessoa e assumir a identidade daquela que se vestiu igual em um pequeno momento de distração.

Isso acontece porque o cérebro se concentra no ambiente envolta, o que faz com que não registre com eficiência o que os olhos vêem.

Você poderá ser enganado desse modo mesmo com pessoas usando roupas diferentes.

7 FALHA CEREBRAL DE 3 SEGUNDOS:


Todo cérebro humano leva um tempo de 3 segundos para perceber uma ação e respondê-la. 

Com isso, por exemplo, você perderá em pegar um objeto antes da mão que se move primeiro, mesmo que a mão do outro esteja com o dobro da distância.

Muita gente perde dinheiro com isso quando aumenta sempre a aposta.

Lembre-se: não é uma questão de ser mais rápido, mas uma falha do cérebro humano. 

Ateu Poeta
19/08/2014